Reconciliando a Profecia Messiânica de Daniel 9: 24-27 com a História Secular

Identificação de soluções - continuação (2)

6. Os problemas de sucessão reis medo-persas, uma solução

A passagem que precisamos investigar para encontrar uma solução é Esdras 4: 5-7.

Esdras 4: 5 nos diz “Contratando conselheiros contra eles para frustrar seus conselhos todos os dias de Ciro, rei da Pérsia, até o reinado de Dairius, rei da Pérsia.”

Houve problemas para a reconstrução do templo, de Ciro a Dario, o [grande] rei da Pérsia. A leitura do versículo 5 indica claramente que havia pelo menos um rei ou mais entre Ciro e Dario. A preposição hebraica traduzida aqui como "até", também pode ser traduzido como "até", "tão longe quanto". Todas essas frases indicam que o tempo passou entre o reinado de Ciro e o reinado de Dario.

A história secular identifica Cambises (II), filho de Ciro, sucedendo seu pai como um rei. Josefo também afirma isso.

Esdras 4: 6 continua "E no reinado de Aú · e · erus, no início de seu reinado, eles escreveram uma acusação contra os habitantes de Judá e Jerusalém. ”

Josefo então continua descrevendo uma carta escrita a Cambises que resultou na interrupção do trabalho no Templo e em Jerusalém. (Vejo "As antiguidades dos judeus ”, Livro XI, capítulo 2, parágrafo 2). Portanto, faz sentido identificar o Assuero do versículo 6 com Cambises (II). Como ele reinou apenas 8 anos, ele não pode ser o Assuero do livro de Ester, que governou pelo menos 12 anos (Ester 3: 7). Além disso, o rei, conhecido como Bardiya / Smerdis / Magi, governou menos de um ano, deixando muito pouco tempo para que uma carta desse tipo fosse enviada e uma resposta recebida, e claramente não pode coincidir com o Assuero de Ester.

Esdras 4: 7 continua "Além disso, nos dias de Aradaxerxes, Bishamlam, Mithorath, Tabeleel e o resto de seus colegas escreveram a Artaxerxes, rei da Pérsia ”.

Os Artaxerxes de Esdras 4: 7 fariam sentido se o identificássemos como Dario I (o Grande), no entanto, é muito mais provável que seja o rei chamado Magi / Bardiya / Smerdis. Por quê? Porque o relato em Esdras 4:24 continua dizendo que o resultado desta carta foi “Foi então que o trabalho na casa de Deus, que estava em Jerusalém, parou; e continuou parado até o segundo ano do reinado de Dario, rei da Pérsia. ” Esta redação indica que houve uma mudança de King entre esses Artaxerxes e Dario. Ageu 1 também mostra que o edifício foi reiniciado no 2nd Ano de Dario. Os judeus não ousariam ir contra a ordem do rei apenas um ano antes se o rei fosse Dario. No entanto, as circunstâncias da mudança do reinado de Bardya para Dario dariam aos judeus a esperança de que ele fosse mais indulgente.

Embora não possa ser declarado categoricamente, observe o nome também mencionado "Mithredath". O fato de ele escrever ao rei e ser lido indicava que ele era algum oficial persa. Quando lemos Esdras 1: 8, encontramos um tesoureiro no tempo de Ciro que também era chamado Mithredath, certamente não uma coincidência. Agora, esse oficial provavelmente ainda estaria vivo apenas 17 a 18 anos depois, no início do reinado de Dario, que a solução sugere que também era chamado Artaxerxes em Esdras. No entanto, seria impossível para o funcionário ser o mesmo, alguns adicionais (8 + 8 + 1 + 36 + 21) = 74 anos depois. (Adicionando os reinados de Cyrus, Cambyses, Magi, Darius, Xerxes para alcançar Artaxerxes I seculares).

Curiosamente, Ctesias, um historiador grego de cerca de 400 aC afirma:o Magus estava governando sob o nome de Tanyoxarkes ”[I] , que pronunciou é muito parecido com Artaxerxes e observe que o Magus estava governando sob outro nome, um nome do trono. Xenofonte também dá o nome de Magus como Tanaoxares, muito semelhante e, novamente, provavelmente uma corrupção de Artaxerxes.

Também levantamos anteriormente a questão:

Dario deve ser identificado como Dario I (Hystapes), ou um Dario posterior, como Dario, o persa, na / após a época de Neemias? (Neemias 12:22). Para esta solução e também de acordo com a identificação secular, o Dario mencionado no versículo 5 é entendido como Dario I, não um Dario posterior.

Uma solução: Sim

7. Sucessão do Sumo Sacerdote e tempo de serviço - Uma Solução

É mais fácil mostrar como a solução funciona do que descrever, no entanto, tentaremos explicá-la claramente aqui.

Com a sucessão abreviada de reis persas, uma sucessão bastante razoável de sumos sacerdotes pode ser criada. Esse cenário leva em consideração os pontos marcadores, aquelas escrituras em que há um rei identificável e um ano de reinado do rei, com o sumo sacerdote sendo nomeado.

Jehozadak

Como Esdras era o segundo filho de Seraías, o Sumo Sacerdote que foi morto por Nabucodonosor apenas meses após a queda de Jerusalém, Esdras teve que ter nascido na queda de Jerusalém (2 Reis 25:18). Isso também significa que seu irmão mais velho primogênito, Jehozadak, provavelmente no final dos anos 50 ou no início dos anos 60 provavelmente morreu antes do retorno da Babilônia, provavelmente nasceu pelo menos 2 anos antes, talvez mais. Jeshua ou Josué era filho de Jeozadaque e, portanto, provavelmente tinha apenas 40 anos de idade no retorno a Judá.

Jeshua / Joshua

Esta solução tem Jeshua com cerca de 43 anos de idade no retorno do exílio. A última menção a Jeshua está no 2nd ano de Dario, quando ele teria cerca de 61 anos de idade (Esdras 5: 2). Jeshua não foi mencionado na conclusão do templo nos 6th ano de Dario, então pode-se supor que talvez ele tivesse morrido recentemente e Joiakim era agora Sumo Sacerdote.

Joiakim

Assumindo uma idade mínima de 20 anos para o sumo sacerdote ter um filho primogênito, Joiakim, filho de Jesua, tem aproximadamente 23 anos de idade no retorno a Judá no dia 1.st Ano de Ciro.

Joiakim é mencionado como sumo sacerdote por Josefo nos 7th ano de Artaxerxes (aka Darius neste cenário). Isso foi logo após a conclusão do Templo, apenas 5 anos depois da última menção de Jeshua, nos 7th ano de Artaxerxes ou Dario (I), quando então (se tivesse nascido quando seu pai tivesse 20 anos), ele teria entre 44 e 45 anos. Isso também daria a Esdras a antiguidade, sendo tio de Joiakim, para que ele pudesse assumir a liderança nas providências para as nomeações para o serviço no templo recém-concluído. Isso, portanto, também dá sentido ao relato de Josefo sobre Joiaquim.

Eliashib

Eliashib é mencionado como sendo Sumo Sacerdote nos 20th ano de Artaxerxes, quando Neemias veio reconstruir os muros de Jerusalém (Neemias 3: 1). Calculando de forma consistente, se nascesse quando seu pai tivesse 20 anos, ele teria cerca de 39 anos nesse momento. Se apenas nomeado, seu pai, Joiakim, teria morrido entre 57 e 58 anos.

Neemias 13: 6, 28 é datado de pelo menos 32nd ano de Artaxerxes, e provavelmente um ou dois anos depois e indica que Eliashib ainda era Sumo Sacerdote, mas que Joiada, seu filho, tinha um filho adulto na época e, portanto, Joiada provavelmente tinha cerca de 34 anos no mínimo naquela época, enquanto Eliashib tinha 54 anos de idade. Com base nas informações sobre Joiada, ele provavelmente morreu no ano seguinte aos 55 anos de idade.

Joiada

Neemias 13:28 menciona que Joiada, o Sumo Sacerdote, teve um filho que se tornou genro de Sanballat, o horonita. O contexto de Neemias 13: 6 indica que este foi um período após o retorno de Neemias à Babilônia nos 32nd Ano de Artaxerxes. Um tempo não especificado depois, Neemias pediu outra licença e retornou novamente a Jerusalém quando esse estado de coisas foi descoberto. Com base nisso, Joiada era, portanto, provável Sumo Sacerdote, com cerca de 34 anos (nos 35th Dario / Artaxerxes), até os 66 anos de idade.

Jonathan / Johanan / Jehohanan

Se Joiada morresse com cerca de 66 anos, ele poderia ter sido sucedido por seu filho Jonathan / Jehohanan, que nessa época teria cerca de 50 anos. Se ele vivesse até 70 anos, seu filho Jaddua teria cerca de 50 anos quando se tornasse sumo sacerdote. Mas se os papiros elefantinos, discutidos mais tarde, forem datados dos 14th e 17th No ano de Dario II, onde Johanan é referido, Johanan provavelmente morreu por volta dos 83 anos de idade quando Jaddua tinha entre 60 e 62 anos.

Jaddua

Josefo diz que Jaddua deu as boas-vindas a Alexandre, o Grande, em Jerusalém e provavelmente já estaria no início dos anos 70 nesse período. Neemias 12:22 nos diz que “os levitas nos dias de Eliasib, Joiade e Joanaan e Jaddaa foram registrados como chefes de casas paternas, também sacerdotes, até o reinado de Dairi, o persa ”. Nossa solução tem Dario III (o persa?) Sendo conquistado por Alexandre, o Grande.

Entende-se por Josefo que Jaddua morreu pouco depois da morte de Alexandre, o Grande, quando Jaddua teria cerca de 80 anos de idade e foi sucedido por seu filho Onias.[Ii]

Embora algumas das idades sugeridas aqui sejam suposições, elas são razoáveis. Provavelmente, o filho primogênito do sumo sacerdote normalmente se casaria prontamente ao atingir a idade adulta, talvez com cerca de 20 anos de idade. O filho primogênito provavelmente também teria filhos muito rapidamente para garantir a sucessão da linha do Sumo Sacerdote através do filho primogênito.

Uma solução: Sim

8. Uma comparação dos sacerdotes e levitas que retornaram com Zorobabel com os que assinaram o pacto com Neemias, uma solução

As semelhanças entre essas duas listas (consulte a parte 2, p13-14) não fazem sentido dentro dos limites da cronologia secular atual. Se considerarmos o 21º ano de Artaxerxes como Artaxerxes I, significa que 16 de 30, ou seja, metade dos nomeados que retornaram do exílio no 1º ano de Cyrus ainda estavam vivos cerca de 95 anos depois (Cyrus 9 + Cambyses 8 + Dario 36 + Xerxes 21 + Artaxerxes 21). Como todos tinham pelo menos 20 anos de idade, eram sacerdotes, o que os tornaria no mínimo 115 anos no 21º ano de Artaxerxes I.

Isso claramente não faz sentido. Mesmo no mundo de hoje, lutaríamos para encontrar apenas um punhado de pessoas de 115 anos em um país como os EUA ou o Reino Unido, apesar dos avanços na medicina e do aumento da longevidade na última parte dos anos 20.th século. 16 entre uma população que só pode ter no máximo algumas centenas de milhares ou menos desafia a crença.

No entanto, sob a solução sugerida, esse período de 95 anos reduz-se para cerca de 37 anos, trazendo a sobrevivência de metade das pessoas nomeadas para os reinos de uma possibilidade distinta. Se razoavelmente assumirmos que eles poderiam viver até o final dos anos 70 se fossem saudáveis, mesmo todos esses séculos atrás, isso significaria que eles poderiam ter entre 20 e 40 anos de idade ao voltar da Babilônia a Judá e ainda estar no início dos anos 60. até o final dos anos 70 no dia 21st ano de Darius I / Artaxerxes.

Uma solução: Sim

9. A lacuna de 57 anos na narrativa entre Esdras 6 e Esdras 7, Uma Solução

A conta em Esdras 6:15 dá uma data dos trêsrd dia dos 12th Mês (Adar) dos 6th Ano de Dario para a conclusão do Templo.

A conta em Esdras 6:19 dá uma data dos trêsth dia dos 1st mês (Nisan), para a realização da Páscoa, e é razoável concluir que se refere às 7th Dario e teria sido apenas 40 dias depois e não seria interrompido por uma diferença de 57 anos.

O relato de Esdras 6:14 registra que os judeus retornados “Construiu e terminou [isto] devido à ordem do Deus de Israel e devido à ordem de Ciro e Dairius e Artaxerxʹes, rei da Pérsia”.

Como podemos entender isso? À primeira vista, parece que também houve um decreto de Artaxerxes. Muitos assumem que este é Artaxerxes I e o identificam com os Artaxerxes de Neemias e Neemias que vêm a Jerusalém em seus 20 anos.th ano em resultado desse decreto. No entanto, como estabelecemos anteriormente, Neemias não recebeu um decreto para reconstruir o Templo. Ele pediu permissão para reconstruir os muros de Jerusalém. De que outra forma podemos entender essa passagem?

Podemos entender melhor a passagem examinando mais de perto a tradução do texto hebraico. A explicação é um pouco técnica, mas em hebraico a palavra de conjunção ou junção é uma letra conhecida como "waw ". Ambas as palavras hebraicas para Dario e Artaxerxes têm o "Waw" personagem na frente de "Dareyavesh" (pronunciado "daw-reh-yaw-vaysh") e na frente de "Artachshashta" pronunciado ("ar-takh-shash-taw".) Sendo um conjunto, "Waw" geralmente é traduzido como "e", mas também pode significar "ou". O uso de "ou" não é uma ação exclusiva, mas como uma alternativa, sendo o equivalente. Um exemplo seria o de se comunicar com alguém que você telefona para ele, escreve ou fala pessoalmente. Cada um é uma alternativa válida para realizar a ação da comunicação. Um exemplo exclusivo de ação é que você pode tomar uma bebida alcoólica gratuita durante a refeição e pedir a cerveja ou o vinho. Você não pode obter os dois gratuitamente.

Se o "e" for substituído por "ou", ou talvez "par" ou "também" para ler melhor em inglês no contexto, como alguns estudiosos afirmam, então isso ainda está agindo como um conjunto. No entanto, isso muda sutilmente o significado nesse contexto e faz um sentido melhor do texto. A frase "Dario e Artaxerxes ” entendido como dois indivíduos separados, significaria "Darius ou / mesmo / também / conhecido como Artaxerxes ”, isto é, Darius e Artaxerxes são as mesmas pessoas. Isso também pode ser entendido como estando de acordo com o contexto geral, preparando o leitor para a mudança de uso do título do rei que encontramos entre o final de Esdras 6 e Esdras 7.

Para exemplos desse uso de "Waw" podemos olhar em Neemias 7: 2, onde "Eu dei a carga para Hanani, meu irmão, isso é Hananias, o líder da cidadela de Jerusalém, era um homem fiel e temia a Deus mais do que muitos ” faz mais sentido com "isso é" do que "e" como a frase continua com "ele" em vez de "eles". A leitura desta passagem é estranha com o uso de "e".

Um ponto adicional é que Esdras 6:14, como atualmente traduzido no NWT e outras traduções da Bíblia, indicariam que Artaxerxes deu um decreto para terminar o templo. Na melhor das hipóteses, considerar Artaxerxes como Artaxerxes I seculares significaria que o Templo não seria concluído até o dia 20.th Ano com Neemias, cerca de 57 anos depois. No entanto, o relato bíblico aqui em Esdras 6 deixa claro que o templo foi terminado no final dos 6th ano de Dario e sugeriria que sacrifícios foram instituídos no início dos 7th ano de Darius / Artaxerxes.

A conta em Esdras 7:8 dá uma data dos trêsth mês do 7th Ano, mas dá o rei como Artaxerxes. Se o Dario de Esdras 6 não é chamado Artaxerxes em Esdras 7, como levantado anteriormente como problema, temos uma lacuna inexplicável muito grande na história. Acredita-se que Dario I tenha governado outros 30 anos (totalizando 36), seguido por Xerxes, com 21 anos, seguido por Artaxerxes I, nos primeiros 6 anos. Isso significa que haveria um intervalo de 57 anos, no final do período em que Esdras teria cerca de 130 anos. Para aceitar que depois de todo esse tempo e com essa idade inacreditavelmente avançada, Esdras só então decide liderar outro retorno dos levitas e de outros judeus de volta a Judá desafia a credibilidade. Também ignora o fato de que isso significaria que, embora o Templo tivesse sido concluído há uma vida para a maioria das pessoas, nenhuma oferta de sacrifício regular no Templo ainda havia sido instituída.

Faz muito mais sentido que ao ouvir a conclusão do Templo no final do séculoth ano de Dario / Artaxerxes, Esdras solicitou ajuda do rei para restabelecer o ensino da lei e dos sacrifícios e deveres de Levítico no templo. Esdras, ao receber essa ajuda, chegou a Jerusalém apenas 4 meses depois, e com apenas 73 anos de idade, nos 5th mês do 7th ano de Darius / Artaxerxes.

Uma solução: Sim

10. Josefo registro e sucessão de reis persas, uma solução

Cyrus

Em Josefo Antiguidades dos judeusNo livro XI, capítulo um, ele menciona que Ciro deu a ordem para que os judeus retornassem ao seu país se desejassem e reconstruíssem sua cidade e construíssem o templo onde estava o anterior. “Deitei tantos judeus que moram no meu país quanto quisessem para retornar ao seu próprio país e reconstruir sua cidade e construir o templo de Deus em Jerusalém no mesmo lugar onde estava antes "[III].

Isso confirmaria nosso entendimento de que o decreto em consideração é o de Cyrus e concorda com a solução.

Uma solução: Sim

Cambises

No capítulo 2, parágrafo 2,[IV] ele identifica Cambises, filho de Ciro, como o rei persa recebendo uma carta e respondendo para impedir os judeus. A redação é muito semelhante a Esdras 4: 7-24, onde o rei é chamado Artaxerxes.

"Quando Cambises leu a epístola, sendo naturalmente perverso, ficou irritado com o que eles lhe disseram e escreveu-lhes o seguinte: “Cambiza o rei, a Rathumus, o historiador, a Beeltethmus, a Semellius, o escriba, e o resto que estão em comissão e habitam em Samaria e na Fenícia, desta maneira: Li a epístola que lhe foi enviada; e ordenei que os livros de meus antepassados ​​fossem revistados, e verificou-se que esta cidade sempre foi inimiga dos reis, e seus habitantes criaram seditions e guerras. ”[V].

No início da análise da solução, verificou-se que essa nomeação é possível, pois descobrimos que potencialmente qualquer um dos reis da Pérsia poderia ter sido usado ou chamado por qualquer um dos títulos de Dario, Assuero ou Artaxerxes. No entanto, no ponto 7, foi proposto que a carta identificada como sendo enviada a Artaxerxes provavelmente fosse Bardiya / Smerdis / Magi como a mais adequada, tanto no tempo quanto na adequação aos eventos e ao clima político dominante.

Josephus identificou erroneamente o rei (talvez Artaxerxes em sua documentação de referência) com Cambises?

A conta de Josefo discorda da solução que atribui melhor a carta a Bardiya / Smerdis / The Magi, que Josephus talvez não conheça. Este rei reinou apenas alguns meses (as estimativas variam entre 3 e 9 meses).

Bardiya / Smerdis / Magi

No capítulo 3, parágrafo 1,[Vi] Josefo menciona os Reis Magos (conhecidos por Bardiya ou Smerdis) governando por cerca de um ano após a morte de Cambises. Isso concorda com a solução sugerida.

Uma solução: Sim

Darius

Ele então menciona a nomeação de Dario Hystapes para ser rei, apoiado pelas sete famílias dos persas. Ele também menciona que ele tinha 127 províncias. Esses três fatos que são encontrados e concordam com a descrição de Assuero no Livro de Ester, que sugerimos ser Dario I / Artaxerxes / Assuero em nossa solução.

Josefo também confirma que Dario recebeu permissão de Zorobabel para reconstruir o templo e a cidade de Jerusalém, conforme o decreto de Ciro. “Após o massacre dos Magos, que, após a morte de Cambises, alcançaram o governo dos persas por um ano, aquelas famílias que foram chamadas de sete famílias dos persas designaram Dario, filho de Hystaspes, como rei deles. Agora ele, embora fosse um homem particular, fez um voto a Deus: se ele fosse rei, enviaria todos os vasos de Deus que estavam em Babilônia ao templo em Jerusalém. ”[Vii]

Há uma discrepância na data em que o templo foi concluído. Esdras 6:15 dá-o como o 6th ano de Dario nos 3rd de Adar, enquanto que a conta de Josefo dá como 9th Ano de Dario no dia 23rd Adar. Todos os livros estão sujeitos a erros de cópia, mas os relatos escritos de Josephus não foram necessariamente compilados usando a Bíblia. Além disso, as cópias mais antigas conhecidas são do século 9 ao 10, sendo a maioria no 11th para 16th séculos.

Finalmente, há muito mais e muito mais cópias das passagens bíblicas sendo revisadas do que as de um livro de Josefo com distribuição limitada. Em caso de conflito, portanto, esse autor adia o registro da Bíblia.[Viii] Uma explicação alternativa para a discrepância é que a data bíblica dada foi aquela para a qual o próprio templo estava completo o suficiente para inaugurar sacrifícios, mas a data de Josefo foi quando os edifícios auxiliares, o pátio e as paredes foram concluídos. De qualquer maneira, isso não é um problema para a solução.

Uma solução: Sim

Xerxes

No capítulo 5[Ix] Josefo escreveu que Xerxes, filho de Dario, sucedeu seu pai Dario. Ele então menciona que Joacim, filho de Jesua, era o sumo sacerdote. Se fosse o reinado de Xerxes, Joachim teria que estar na região de 84 anos ou mais, uma pequena possibilidade. Sob a solução sugerida, ele teria entre 50 e 68 anos no reinado de Dario durante o período dos 6th ano para os 20th ano de Darius / Artaxerxes. Essa menção a Joachim só faz sentido se estiver no reinado de Dario, conforme a solução.

Novamente, o relato de Josefo está em desacordo com a solução sugerida, mas ajuda a sucessão do Sumo Sacerdote a fazer sentido se identificarmos os eventos atribuídos a Xerxes a Dario.

Os eventos e a redação atribuídos aos 7th ano de Xerxes em Josefo Capítulo 5 par. 1. é muito semelhante ao relato bíblico de Esdras 7 nos 7th Ano de Artaxerxes, que a solução atribui a Darius.

Pelo contexto, parece ocorrer no próximo ano (8).th) que Joacim morreu e Eliashib o sucedeu de acordo com Josefo no capítulo 5, parágrafo 5[X]. Isso também se encaixa na solução.

No 25th ano de Xerxes Nehemiah chega a Jerusalém. (Capítulo 5, parágrafo 7). Isso não faz nenhum sentido como é. Xerxes não é atestado por nenhum outro historiador por ter governado pelo menos 25 anos. Isso nem coincide com o relato bíblico se Xerxes era Dario ou Artaxerxes I. Portanto, como esta declaração de Josefo não pode ser reconciliada com nenhuma história conhecida, ou com a Bíblia, deve-se presumir que ela está incorreta, na época por escrito ou em transmissão. (Seus escritos não foram mantidos com o mesmo cuidado da Bíblia pelos escritores massoréticos).

O momento da sucessão do sumo sacerdote realmente só faz sentido em nossa solução, ou seja, Dario também é chamado de Artaxerxes.

A atribuição de alguns desses eventos a Xerxes por Josephus é intrigante, pois eles parecem todos fora de ordem cronológica dessa maneira. Mesmo usando cronologia secular, Xerxes não governou 25 anos. Portanto, o uso de Xerxes aqui deve ser considerado errado por parte de Josefo.

Uma solução: Sim

Artaxerxes

Capitulo 6[Xi] dá a sucessão como Cyrus, filho de Xerxes - chamado Artaxerxes.

Segundo Josephus, foi este Artaxerxes que se casou com Ester, tendo um banquete no terceiro ano de seu reinado. De acordo com o parágrafo 6, este Artaxerxes também reinou em 127 províncias. Esses eventos estão fora de lugar, mesmo para a cronologia secular, que geralmente os atribui a Xerxes.

No entanto, se tomarmos a solução proposta, a saber, que Dario também era chamado Artaxerxes e Assuero na Bíblia e sugerirmos que Josefo confundiu os Artaxerxes, filho de Xerxes, com o Livro de Esdras, capítulo 7 em diante, chamando Dario I de Artaxerxes, então esses eventos sobre Esther também pode ser conciliada com a solução proposta.

Capitulo 7[Xii] menciona que Eliashib foi sucedido por Judas, seu filho, e Judas, por seu filho João, que causou a poluição do templo por Bagoses, o general de outro Artaxerxes (Artaxerxes secular II, que é nosso Artaxerxes I ou Artaxerxes III?). O Sumo Sacerdote John (Johanan) foi sucedido por seu filho Jaddua.

Esses entendimentos do registro de Josefo se encaixam perfeitamente na solução que sugerimos, e nessa solução fazem sentido a sucessão do Sumo Sacerdote sem a necessidade de duplicar ou adicionar Sumos Sacerdotes desconhecidos que a cronologia secular é necessária. A maior parte do relato de Josephus sobre esse Artaxerxes provavelmente seria o Artaxerxes III em nossa solução.

Uma solução: Sim

Dario (segundo)

Capitulo 8[Xiii] menciona outro Dario, o rei. Além disso, Sanballat (outro nome-chave) morreu no cerco de Gaza por Alexandre, o Grande.[XIV]

Filipe, rei da Macedônia e Alexandre (o Grande) também são mencionados na época de Jaddua e são dados como contemporâneos.

Este Dario se encaixaria em Dario III da cronologia secular e no último Dario da nossa solução.

No entanto, mesmo com o cronograma compactado da solução sugerida, há um intervalo de quase 80 anos entre o Sanballat de Neemias e o Sanballat de Josefo com Alexandre, o Grande. Simplificando, a conclusão deve ser que eles não podem ser o mesmo indivíduo. Uma possibilidade é que o segundo Sanballat seja neto do primeiro Sanballat, como são conhecidos os nomes dos filhos do Sanballat do tempo de Neemias. Por favor, veja nossa parte final para um olhar mais aprofundado sobre Sanballat.

Outra conclusão importante de uma solução bem-sucedida.

Uma solução: Sim

11. A nomeação apócrifa dos reis persas em 1 e 2 Esdras, Uma solução

Esdras 3: 1-3 diz:Ora, o rei Dario fez um grande banquete a todos os seus súditos e a todos os que nasceram em sua casa, a todos os príncipes da mídia e da Pérsia, e a todos os sátrapas, capitães e governadores que estavam sob ele, da Índia à Etiópia, nas cento e vinte e sete províncias ”.

Isso é quase idêntico aos versículos iniciais de Ester 1: 1-3, que diziam: ”Agora, aconteceu nos dias de Assuero, que é o Assuero que reinava da Índia à Etiópia, [mais de cento e vinte e sete distritos jurisdicionais…. No terceiro ano de seu reinado, ele realizou um banquete para todos os seus príncipes e seus servos, a força militar da Pérsia e da Mídia, os nobres e os príncipes dos distritos jurisdicionais antes de si ”.

Portanto, removeria qualquer contradição entre esses dois relatos se, de acordo com a solução sugerida, identificarmos Assuero e Dario como o mesmo rei.

Uma solução: Sim

Ester 13: 1 (Apócrifos livros) lê “Agora, esta é a cópia da carta: O grande rei Artaxerxes escreve essas coisas aos príncipes de cento e sete e vinte províncias da Índia, para a Etiópia e para os governadores que estão sob eles.” Também há palavras semelhantes em Ester 16: 1.

Essas passagens em Apócrifo Ester dão a Artaxerxes o rei em vez de Assuero como o rei de Ester. Além disso, Apócrifo Esdras identifica o rei Dario agindo de maneira idêntica ao rei Assuero em Ester.

Portanto, removeria qualquer contradição entre essas duas contas se, de acordo com a solução sugerida, identificarmos Assuero e Dario e este Artaxerxes como o mesmo rei.

Uma solução: Sim

12. A evidência da Septuaginta (LXX), uma solução

Na versão da Septuaginta do Livro de Ester, encontramos que o rei se chama Artaxerxes e não Assuero.

Por exemplo, Ester 1: 1 diz "No segundo ano do reinado de Artaxerxes, o grande rei, no primeiro dia de Nisan, Mardochaeus, filho de Jarius, ”…. “E aconteceu depois dessas coisas nos dias de Artaxerxes (este Artaxerxes governou mais de cento e vinte e sete províncias da Índia)”.

No livro de Esdras, na Septuaginta, encontramos "Assuerus" em vez de Assuero, do texto massorético, e "Arthasastha", em vez dos Artaxerxes do texto massorético. Essas pequenas diferenças de nome são unicamente devidas ao texto massorético que contém a transliteração hebraica, em oposição à Septuaginta que possui a transliteração grega. Consulte a seção H na parte 5 desta série.

O relato da Septuaginta em Esdras 4: 6-7 menciona “E no reinado de Assuerus, mesmo no começo de seu reinado, eles escreveram uma carta contra os habitantes de Judá e Jerusalém. E nos dias de Arthasastha, Tabeel escreveu pacificamente para Mithradates e para o resto de seus companheiros de serviço: o colecionador de tributo escreveu a Arthasastha, rei dos persas, uma escrita na língua síria ”.

De acordo com a solução proposta, o Assuero aqui seria Cambises (II) e os Artaxerxes aqui seriam Bardiya / Smerdis / Magi, conforme o entendimento do Esdras Masorético 4: 6-7.

Uma solução: Sim

A Septuaginta para Esdras 7: 1 contém Arthasastha em vez de Artaxerxes do texto massorético e lê "Agora, depois dessas coisas, no reinado de Arthasastha, rei dos persas, surgiu Esdras, filho de Saraias ”.

Esta é apenas a diferença entre transliteração hebraica e transliteração grega para o mesmo nome e, de acordo com a solução proposta, é Dario (I) da história secular da qual se encaixa na descrição. Observe que Esdras é equivalente a Esdras.

O mesmo se aplica a Neemias 2: 1, que diz “E aconteceu que no mês de nisã do vigésimo ano do rei Arthasastha, o vinho estava diante de mim: ”.

Uma solução: Sim

A versão Septuaginta de Esdras usa Dario nos mesmos lugares que o texto massorético.

Por exemplo, Esdras 4:24 lê "Então cessou a obra da casa de Deus em Jerusalém, e ficou parada até o segundo ano do reinado de Dario, rei dos persas." (Versão da Septuaginta).

Conclusão:

Nos livros da Septuaginta de Esdras e Neemias, Arthasastha é consistentemente equivalente a Artaxerxes (embora, em relatos diferentes, Artaxerxes seja um rei diferente e Assuerus consistentemente equivalente a Assuero. No entanto, Septuaginta Esther, que provavelmente foi traduzida por um tradutor diferente para o tradutor de Esdras e Neemias, sempre possui Artaxerxes em vez de Assuero, e Dario é encontrado consistentemente nos textos da Septuaginta e Massorético.

Uma solução: Sim

13. Atribuição cuneiforme e questões de inscrição secular a serem resolvidas, uma solução?

Ainda não.

A ser continuado na Parte 8….

[I] Os fragmentos completos de ctesias traduzido por Nichols, página 92, parágrafo (15) https://www.academia.edu/20652164/THE_COMPLETE_FRAGMENTS_OF_CTESIAS_OF_CNIDUS_TRANSLATION_AND_COMMENTARY_WITH_AN_INTRODUCTION

[Ii] Josephus - Antiguidades dos Judeus, Livro XI, Capítulo 8, parágrafo 7, http://www.ultimatebiblereferencelibrary.com/Complete_Works_of_Josephus.pdf

[III] Página 704 versão pdf de Obras completas de Josefo. http://www.ultimatebiblereferencelibrary.com/Complete_Works_of_Josephus.pdf

[IV] Antiguidades dos judeusLivro XI

[V] Página 705 versão pdf de Obras Completas de Josefo http://www.ultimatebiblereferencelibrary.com/Complete_Works_of_Josephus.pdf

[Vi] Antiguidades dos judeusLivro XI

[Vii] Página 705 versão pdf de Obras Completas de Josefo http://www.ultimatebiblereferencelibrary.com/Complete_Works_of_Josephus.pdf

[Viii] Para mais informações, veja http://tertullian.org/rpearse/manuscripts/josephus_antiquities.htm

[Ix] Antiguidades dos judeusLivro XI

[X] Antiguidades dos judeusLivro XI

[Xi] Antiguidades dos judeusLivro XI

[Xii] Antiguidades dos judeusLivro XI

[Xiii] Antiguidades dos judeusLivro XI

[XIV] http://www.ultimatebiblereferencelibrary.com/Complete_Works_of_Josephus.pdf Josefo, Antiguidades dos Judeus, Livro XI, Capítulo 8 v 4

Tadua

Artigos por Tadua.
    2
    0
    Adoraria seus pensamentos, por favor, comente.x